Aumenta o número de empreendedores em busca de franquias de baixo investimento

Investir o 13º salário em uma franquia de baixo custo é uma das alternativas para quem deseja driblar o desemprego ou está em busca de uma renda extra

No primeiro semestre deste ano, o segmento de hotelaria e turismo cresceu 14,6% dentro do setor de franchising. Segundo a Associação Brasileira de Franchising – ABF – esse crescimento se teve em virtude dos aumentos nas vendas dos pacotes comerciais e das remodelações dos modelos de negócios nas redes de franquias.

A Ahoba Viagens, por exemplo, teve um crescimento 4,9% nesse período. Para Claudia Del Valle, diretora executiva da rede, isso se deve ao fato das pessoas preferirem viajar a adquirir bens materiais. “Temos como objetivo incentivar o empreendedorismo, ajudando pessoas que estejam fora do mercado, ou que desejem recomeçar profissionalmente independente de sua faixa etária, a se tornarem consultores aptos a venderem sonhos”, comenta.

A empresa conta com modelo de negócio que pode ser operado home based, com um investimento inicial de R$3.770 – para universitários – e 4.400,00 para empreendedores em geral, o qual pode ter seu pagamento parcelado em até 10 vezes no cartão de crédito.

Liberado desde o final de agosto – para aposentados e pensionistas – o 13º salário pode ser uma ótima oportunidade para quem deseja empreender a baixo custo e com retorno rápido.

“Uma das grandes vantagens do segmento é que independente do câmbio ou da época do ano, sua rede de relacionamento sempre estará viajando para algum lugar. O passageiro pode mudar o destino de internacional para nacional, mas não vai cancelar as férias”, conclui Claudia.

Ainda conforme levantamento, as redes de franquias também foram responsáveis pela criação de 1,1 milhão de empregos no início de 2018, e, diante este cenário, a entidade projeta um crescimento gradativo ao longo do ano.

Tags

top