A Ascenção das Redes Socias e o Impacto nos Profissionais Da Comunicação

Compartilhe:

Comunicação
Por Luciene de Oliveira, jornalista
Chefe de reportagem: Juliana Monaco, jornalista
Diretora de jornalismo: Letícia Fagundes, jornalista

A velocidade acelerada da comunicação demanda adaptações na atuação de jornalistas e assessores de imprensa.

O crescimento das redes sociais marcou uma revolução na maneira como consumimos informações, redefinindo o panorama, tanto do jornalismo, quanto da assessoria de imprensa. Essas plataformas transformaram-se em fontes primárias de notícias para muitos, permitindo que a comunicação se espalhe em tempo real e alcancem públicos globais de maneira instantânea.

No entanto, essa rapidez trouxe consigo desafios, como a disseminação de notícias falsas e a falta de verificação adequada, aumentando a responsabilidade tanto dos jornalistas quanto dos assessores de imprensa em fornecer informações precisas e confiáveis em meio ao turbilhão de informações online.

“As redes emergiram como um poderoso catalisador de transformações na mídia. Agora nós, jornalistas e assessores, lidamos com o desafio de nos adaptarmos a esse ecossistema dinâmico, onde o conteúdo circula em um piscar de olhos”, afirma Luciene de Oliveira.

A fundadora da Lucky Assessoria, empresa especializada no setor de assessoria de imprensa e marketing digital, acrescenta – “As redes sociais não apenas encurtaram as distâncias entre as notícias e o público, mas também criaram um espaço interativo, em que o feedback instantâneo e as conversas moldam a narrativa de forma contínua. Isso cria um fluxo bastante acelerado de difusão de conteúdos”.

Obstáculos:

Sendo assim, a nova dinâmica informacional oferece obstáculos aos profissionais da comunicação. A instantaneidade das redes sociais, muitas vezes, exige respostas rápidas a eventos em constante mudança, o que aumenta a incidência do compartilhamento de informações imprecisas ou não verificadas.

A pressão por manter-se relevante em feeds lotados requer que as histórias sejam cativantes desde o primeiro instante. Nesse ambiente, jornalistas e profissionais de assessoria de imprensa, além de empenhar-se cada vez mais na verificação de dados, passam a se aprimorar na arte de contar histórias que envolvam e informem, mantendo os princípios éticos e de veracidade.

O storytelling, por exemplo, ganhou um novo papel, já que a atenção do público é um recurso escasso. Tanto no jornalismo quanto na assessoria de imprensa, a capacidade de apresentar informações de forma atraente, cativante e relevante tornou-se fundamental. Isso não apenas garante que as mensagens se destaquem em meio ao fluxo constante de conteúdo, mas também permite que a informação seja compreendida e lembrada de maneira mais eficaz.

O lado bom desta história!

Apesar das adversidades, a influência das redes sociais também se mostra positiva em determinados aspectos. Além de oferecer uma plataforma para a disseminação de notícias, elas aproximaram os profissionais da comunicação do público. Essa proximidade possibilita uma interação mais direta, permitindo que jornalistas obtenham informações de fontes variadas, e que os assessores compreendam melhor as necessidades e interesses dos jornalistas. “Essa interconexão exige uma compreensão profunda das peculiaridades das redes sociais e de como se deve navegar nas complexidades desse ambiente em constante evolução, de modo a obter os melhores resultados”, reforça Luciene.

Diante desse cenário, a interseção entre redes sociais, jornalismo e assessoria de imprensa, reside um ambiente em constante evolução. Os resultados dessa influência mútua podem ser positivos, desde o novo ecossistema midiático seja bem utilizado.

Conclusão:

As redes sociais têm o poder de amplificar histórias e dar voz a uma gama diversificada de perspectivas. Jornalistas agora podem aproveitar essas plataformas para monitorar tendências, descobrir pautas e até mesmo realizar investigações em colaboração com a comunidade online. Para a assessoria de imprensa, as redes sociais representam uma abertura para se conectar diretamente com o público-alvo e de moldar a narrativa em torno de suas marcas e mensagens, de modo a solidificar seus clientes na mídia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agende uma reunião

Clique no botão abaixo para agendar uma reunião.

Mais recentes

A Deus, Joca!

Viagem de avião é algo que pode empolgar ou assustar. Muita gente tem medo. Mas a grande maioria, adora. De um modo geral, os aeroportos

Leia mais »